Tipos de concentração na respiração


Pranayama do hatha yoga

Quando procuramos um exercício respiratório, muitas vezes nos deparamos com dois tipos. Num deles, toda a nossa concentração fica no movimento respiratório em si. Muitas vezes, esse tipo de exercício é chamado de pranayama, um termo do hatha yoga. O intuito principal é estabilizar os canais energéticos do corpo sutil e também os nervos físicos, trazendo tranquilidade e saúde.

Ao lado, já temos um vídeo falando sobre uma técnica de respiração simples do tipo pranayama.

Técnicas de concentração da mente através respiração – meditação

A outra forma comum é usar o ciclo respiratório apenas como um objeto de concentração – assim como você pode se focar numa chama da vela, num ponto na parede, num mantra ou nas batidas do coração. O propósito desse tipo de exercício é afastar as nuvens mentais e permitir um mergulho fundo nas verdadeiras profundezas do ser – aquilo que chamamos de uma busca espiritual.

Neste artigo, iremos nos concentrar nessa forma de meditação mais do que nos pranayamas iogues.

Técnica de respiração – Pranayama

Play video

Ao inspirar, se puder sentir que a respiração está vindo diretamente de Deus, da própria Pureza, então sua respiração poderá ser purificada facilmente.

Sri Chinmoy

Livros recomendados


livromeditacao

(buscar preços) (inglês)

Meditação: a perfeição-homem na satisfação-Deus 

Inclui dezenas de exercícios de respiração

Meditation-Techniques-cover

101 técnicas de meditação

Possui 227 exercícios

Exercícios Respiratórios


do livro Meditação (link ao lado)

Respirando no centro do coração. Por favor, inspire e prenda a sua respiração por alguns segundos. Sinta que está prendendo a respiração, que é energia de vida, no centro do seu coração. Isso vai ajudá-lo a desenvolver sua capacidade meditativa interior.

Percebendo a respiração. Ao se sentar para meditar, tente inspirar da maneira mais lenta e tranqüila possível, de modo que, se alguém tivesse colocado um minúsculo fio na frente do seu nariz, ele não se mexeria. Ao expirar, tente fazer isso de maneira ainda mais lenta do que inspirou. Se possível, faça uma pequena pausa entre o final de sua expiração e o começo de sua inspiração. Se conseguir, prenda a respiração por alguns segundos. No entanto, se for difícil, não faça isso. Durante a meditação, nunca faça nada que o deixe sentindo-se fisicamente desconfortável.

Energia cósmica. Sinta que não está inspirando ar, mas sim energia cósmica. Sinta que um grande volume de energia cósmica está entrando em você a cada respiração, e que você vai usá-la para purificar o seu corpo, seu vital, sua mente e seu coração. Sinta que não há um único lugar sequer que não esteja sendo ocupado pelo fluxo da energia cósmica. Ela está fluindo como um rio dentro de você, lavando e purificando o seu ser por completo. Então, ao expirar, sinta que está expirando toda a sujeira do seu interior – todos os seus pensamentos não-divinos, idéias obscuras e ações impuras. Sinta que está expirando qualquer coisa em seu sistema que não seja considerada divina, qualquer coisa que você não queira afirmar como sendo sua.

 Esse não é o pranayama tradicional yogue, que é mais complicado e sistematizado, mas é um método espiritual de respiração bastante eficiente. Se você praticá-lo, logo verá os resultados. No começo, terá de usar a imaginação. Depois de um tempo, verá e sentirá que não se trata de imaginação, mas realidade. Você está inspirando conscientemente a energia que está fluindo ao seu redor, purificando a si mesmo e se esvaziando de tudo o que não é divino. Se conseguir respirar dessa maneira por cinco minutos todos os dias, será capaz de fazer um progresso muito rápido. No entanto, o exercício precisa ser praticado de um modo bem consciente, e não mecanicamente.

Técnicas e exercícios de respiração para meditação

Perguntas e respostas


Respiração correta para meditação

                  Pergunta: Você poderia falar um pouco sobre a respiração correta para meditação?

                   Sri Chinmoy: Se você é um iniciante e deseja respirar corretamente, deve sentar-se com a coluna ereta. Agora, enquanto respira, pense primeiro em pureza. Quando inspira, se puder sentir conscientemente ou inconscientemente que o alento vem diretamente de Deus, da Própria Pureza, então a respiração será purificada. Durante a inspiração, procure respirar o mais lenta e suavemente que puder, de forma que, se alguém colocasse um fio de linha diante do seu nariz, o fio não se moveria com a respiração. E, ao expirar, busque fazê-lo de forma ainda mais lenta. Se possível, deixe uma pequena pausa entre o final de sua primeira expiração e o início da segunda inspiração. Caso possa, segure o fôlego por alguns segundos. Todavia, caso haja dificuldade, não faça a retenção. Nunca faça algo que possa danificar seus órgãos ou sistema respiratório.

                  Cada vez que inspira, procure sentir que está trazendo para o seu corpo, Paz, Paz infinita. E qual o oposto da Paz? Vocês todos sabem: desassossego. Quando expirar, sinta que está expelindo o desassossego do seu corpo interior e exterior, e também o desassossego que vê ao redor de você. Respirando dessa forma, descobrirá que o desassossego o abandonou. Após ter praticado isso algumas vezes, imagine que está inspirando a Força e o Poder do universo, do cosmos. E, ao exalar, tente expelir o medo. Durante a expiração, todo o medo sairá de seu corpo. Faça isso algumas vezes, e então sinta que o que você inspira é Alegria, Alegria infinita, e que está expirando a tristeza, sofrimento e melancolia.

                  Outra coisa que pode tentar é, quando respira, sentir que não está inspirando ar, mas sim energia cósmica. Imagine que uma grandiosa energia cósmica está entrando em você a cada respiração, e que você a utilizará para purificar a si mesmo: o seu corpo, vital, mente e coração. Não há sequer um lugar no seu corpo o qual não se preencheu com o fluxo de energia cósmica. Ela flui em seu interior como um rio. Quando então sentir que todo o seu ser foi lavado ou purificado pela energia cósmica, imagine que está expirando todas as sujeiras em seu interior, todos os pensamentos não-divinos, ações impuras e idéias obscuras. Em seu organismo, tudo o que chamaria de não-divino, tudo o que não gostaria de considerar como parte sua, imagine que você está expirando, tudo isso.

                  Esse não é o tradicional pranayama yogi, o qual é mais complicado e sistematizado. Mas o que eu acabei de explicar é o mais efetivo método espiritual de respiração. Praticando essa respiração, logo descobrirá que não é apenas imaginação; é realidade. No início você precisará usar a sua imaginação, mas após algum tempo verá e sentirá que não é mera imaginação, mas sim realidade. Você estará conscientemente respirando a energia que flui ao seu redor, no cosmos, purificando e esvaziando a si mesmo de tudo o que é não-divino. Porém, essa respiração deve ser feita de maneira bastante consciente, e não de forma mecânica. Se puder respirar dessa maneira por cinco minutos diários, você será capaz de fazer um progresso muito rápido.

                  Quando tiver alcançado um estágio mais avançado, ao respirar não sinta que o ar entra e sai pelas narinas. Imagine que está respirando pelo coração, pelos olhos, pelos poros. Agora você só pode respirar pelo nariz ou pela boca, mas chegará o dia em que saberá que qualquer parte do corpo pode respirar. Mestres espirituais podem respirar mesmo com o nariz e a boca fechados. No momento que dominar essa respiração espiritual, sentirá que toda a sua impureza e ignorância se foi. Elas foram substituídas pela Luz de Deus, pela Paz de Deus e pelo Poder de Deus.

 

 

Técnicas de respiração para homens e mulheres

 

Pergunta: Há alguma técnica diferente para homens e para mulheres, quando se fala em meditar por pureza?

                  Sri Chinmoy: Quando as meninas meditam por pureza, devem respirar pela narina esquerda por alguns segundos. Quando você respira pela narina esquerda, será mais fácil trazer pureza para o seu organismo. E, se os meninos puderem respirar pela narina direita, será mais fácil desenvolver pureza. A narina esquerda é da suavidade, do doce e suave fluir interior; a narina direita é do poder e dinamismo. Dessa forma as meninas podem desenvolver pureza e os meninos podem desenvolver pureza. … Sri Chinmoy Speaks8, p. 1

 

 

Purificando a respiração

 

Pergunta: Guru, como posso ter mais pureza?

                  Sri Chinmoy: Observe uma flor cedo pela manhã e sinta a sua fragrância. Veja a flor e sinta quão pura ela é. Agora olhe para o sol da manhã, o sol nascente. Quão belo ele é! Você vê algo de impuro nele? Não. Veja a lua. Você vê algo impuro? Observe qualquer coisa que lhe traga a sensação de pureza. Veja a chama da vela e sentirá que ela é pura; ela queima todas as suas impurezas. Mantenha diante de sua visão mental qualquer coisa que sinta ser exteriormente pura. Essa é uma maneira, a maneira mais fácil de convencer a mente.

                  A outra maneira envolve a respiração. Quando meditar, tente inspirar de maneira tão lenta quanto possível. Lenta e silenciosamente inspire, e sinta que a cada respiração você traz para si Paz, Luz e Beatitude. Essas qualidades não são nada além de pureza. Então, quando expira, sinta que lança fora toda a ignorância e imperfeição que há dentro de você. Através de uma respiração consciente, você pode trazer pureza para o seu organismo; e ao expirar, pode se livrar de impurezas. The Significance of a Smile, p. 11-12

Pergunta: Qual a maneira mais efetiva para alcançar pureza?

                  Sri Chinmoy: No seu caso, o método mais efetivo de alcançar pureza, é através do consciente oferecimento de seu alento-vida ao Supremo. Cedo pela manhã, respire conscientemente sete vezes, e enquanto inspira, busque sentir que na verdade você respira pelo coração e não pelas narinas. Sinta que seu alento entra através do chakra cardíaco. E, enquanto expira, tente sentir que o seu alento sobe, sobe ao topo da cabeça e sai através do lótus de mil pétalas, que é o chakra da coroa, localizado no topo da sua cabeça. Se puder sentir, e não apenas imaginar, que está respirando pelo coração, imediatamente a pureza entrará e começará a revolver e agir dentro de você. Quando a pureza começa a desempenhar o seu papel, a impureza dos chakras do umbigo e inferiores a ele sobe, e é solta.

                  Primeiro, os soldados divinos entram e vêem que os soldados não divinos estão presentes. Os oponentes travam uma batalha até que os soldados divinos empurram os soldados não divinos para cima e os lançam através do lótus de mil pétalas, para o cosmos infinito. É a sua mente que inconscientemente atrai impureza e, portanto, você deve ir além da mente. Deve carregar os soldados impuros e não divinos para cima e lançá-los para algo que está além da mente. Faça isso de manhã cedo e, se possível, durante a noite também. Assim você estará fadado a se tornar puro.

Purity-River Wins, p. 63-64

 

Mantra para purificação com respiração

Pergunta: De que forma podemos superar as forças vitais?

                   Sri Chinmoy: Todos os nossos problemas vitais podem ser resolvidos invocando pureza. Pureza, pureza, pureza. A pureza é muito importante na vida do buscador. Nada é tão importante quanto ela. Todos os dias você deveria meditar em pureza. Se você pratica respirações, a cada inspiração repita “Supreme” sete vezes. Caso não consiga fazer sete vezes, faça três. E quando expira, novamente repita “Supreme” três vezes. Se puder repetir “Supreme” três vezes a cada vez que respira, sentirá que está trazendo Pureza universal para o seu organismo. E enquanto expira, sinta que exala todo o seu entulho e ignorância. Isso auxilia de forma considerável. Flame-Waves 12, p. 45-46

 

 

 Respiração para ficar acordado

Pergunta: O que poderíamos fazer se começássemos a ficar sonolentos enquanto dirigimos tarde da noite sem tomar café ou chá? E se dormirmos pouco e acharmos difícil nos levantar pela manhã?

                  Sri Chinmoy: Você diz que às vezes se sente sonolento enquanto dirige. Veja, porque deveria o café ou o chá salvá-lo? Existem métodos espirituais, que têm infinitamente mais poder do que café ou chá, e que podem ajudá-lo nesses momentos. Se estiver cansado enquanto dirige, pare o carro e respire profundamente algumas vezes. Faça a respiração por narinas alternadas (ver Meditação: A Perfeição do Homem na Satisfação de Deus). Isso lhe dará energia imediata. Em seguida, com o poder de sua concentração, tente conscientemente inspirar energia divina. Quando inspira, procure sentir que está respirando não apenas com seu nariz, mas também através dos olhos, orelhas, testa, cabeça e ombros. Sinta aquela energia vindo dos quatro cantos e entrando em você através de várias portas. Se estiver consciente dessa corrente de energia que está entrando em você, naturalmente não terá sono. Quando começa a meditar bem, está atraindo energia conscientemente ou inconscientemente. É natural que quanto mais energia puder atrair para si, mais elevada será a sua meditação. E de onde vem essa energia? Ela vem da Consciência Universal.

                  Outra coisa que podemos fazer quando se está cansado é repetir o nome do Supremo ou do seu Guru muito rapidamente. Se fizer isso, imediatamente os nomes deles entrarão em sua própria consciência interior, e você terá energia ilimitada. The Body, Humanity’s Fortress, p. 48-49

O controle da respiração

Play video

Uma historinha sobra a importância da respiração correta


por Akrura Bogéa

ckg-jharna-kala.jpg“Era uma vez alguns sentidos do corpo, vangloriando-se de quão poderosos eram, pois mantinham um ser humano vivo: a língua jurava que o corpo não poderia viver sem ela, afinal antes de tudo era o verbo. Sem língua, como manifestar o tão propalado verbo, mantras e cantos. Começou então uma grande, inútil e insolúvel discussão. A mente, que nunca foi boba, pediu para a língua se calar e levou todos os envolvidos diante do deus Shiva, para que este decidisse quem dos envolvidos na querela era o mais importante para manter o corpo forte e saudável. Shiva então sugeriu que cada um deles se afastasse por um ano do corpo, para observar como este reagiria.

“A língua foi a primeira sorteada e se afastou do corpo por um ano. Ao retornar perguntou ao corpo como sobrevivera sem a sua presença, este respondeu tranquilamente que vivera como os mudos, mas que o silêncio até que lhe fizera bem. A língua, então, retornou ao corpo e se conformou.

“Os olhos foram sorteados em segundo lugar. Eles se afastaram por um ano e, ao retornarem ao corpo, perguntaram-lhe como este sobrevivera sem a visão. “Vivi como os cegos e assim pude desenvolver melhor os outros sentidos”, respondeu o corpo, e os olhos perceberam que não eram tão cruciais para o corpo e se contentaram.

ckg-jharna-kala-2.jpg“O ouvido foi o terceiro sorteado, que se afastou do corpo por um ano, quando retornou perguntou como sobrevivera o pobre corpo sem audição. “Vivi como os surdos, e devo confessar que a falta de ruído não foi tão ruim assim.” O ouvido retornou para o corpo e recolheu sua arrogância.

“A mente foi a quarta sorteada a se separar do corpo por um ano. Quando retornou, perguntou ao corpo como este sobrevivera sem a sua presença. “Vivi como os loucos, lhe respondeu o corpo, porém não conheço ninguém que tenha atestado de sanidade.” E a mente retornou ao corpo conformada.

“A respiração foi a quinta sorteada para se afastar do corpo por um ano. No momento de sua partida, o corpo começou a chorar copiosamente. A língua, os olhos, o ouvido e a mente quiseram saber porque o corpo chorava com a partida da respiração, uma vez que, quando eles partiram, o corpo permaneceu indiferente.

“O corpo respondeu que chorava a morte de todos, da língua, dos olhos, do ouvido da mente, e chorava a sua própria morte, uma vez que, sem respiração, nenhuma das funções corporais sobrevive. Todos juntos suplicaram para que a respiração não os abandonasse. A partir daí o Senhor Shiva ensinou os pranayamas que se seguem, pois o Universo se expande e se contrai ao longo da sua existência, dança ao som do seu próprio ritmo. O coração tem o seu ritmo sistólico e diastólico e o pulmão se expande e se contrai a cada respiração, ditando o estado emocional de cada ser humano.”

Sugiro a respiração um-quatro-dois (ao lado). Pratique repetidas vezes de maneira lenta e profunda. Relaxe e Boa sorte.

Respiração um-quatro-dois.


Quando inspirar, repita, uma vez, o nome de Deus, de Cristo ou de quem você venera. Ou, se o seu Mestre lhe passou um mantra, você pode repeti-lo. Essa respiração não precisa ser longa ou profunda. Então, prenda a respiração e repita a mesma palavra quatro vezes. Ao expirar, repita duas vezes o nome ou o mantra que você escolheu. Você inspira uma vez, prende a respiração por quatro e expira por duas, repetindo interiormente a palavra sagrada. Se simplesmente contar os números – um, quatro, dois – não vai conseguir nenhuma vibração ou sentimento interior. Entretanto, ao dizer o nome de Deus, imediatamente as qualidades divinas dele entrarão em você. Então, quando prender a respiração, essas qualidades irão girar à sua volta, entrando em todas as suas impurezas, obscuridades, imperfeições e limitações. E ao expirar, essas mesmas qualidades divinas levarão embora todas as suas características não-divinas, retrógradas e destrutivas.

por Sri Chinmoy, do livro Meditação

Exercícios e técnicas de respiração