Sri Chinmoy | nossa inspiração

“Cada indivíduo vem ao mundo para fazer algo bom e grandioso pela humanidade.”

– Sri Chinmoy

sri chinmoy

Sri Chinmoy – aluno da paz

Sri Chinmoy Kumar Ghose (27 de Agosto de 1931 – 11 de Outubro de 2007) foi um Mestre espiritual indiano e professor que emigrou para os Estados Unidos da América em 1964.

Um escritor prolífico, compositor, artista e atleta, Sri Chinmoy é mais conhecido por promover eventos públicos sobre o tema de paz interior e harmonia mundial, tais como concertos, meditações e corridas pedestres.

Seus ensinamentos enfatizam o amor a Deus, meditar diariamente no coração, servir ao mundo e a tolerância fundada na visão moderna de que toda fé é essencialmente divina. Sri Chinmoy costumava referir a si mesmo como “um aluno da paz”.

Ele é a nossa inspiração e fonte de conhecimento para compartilharmos os cursos de meditação com vocês.

Abaixo segue um texto resumido. Se quiser, temos uma biografia mais completa de Sri Chinmoy.

sri chinmoy decatlo

Como campeão de decatlo

Sri Chinmoy – juventude

Sri Chinmoy passou a maior parte de sua juventude em uma comunidade espiritual no sul da Índia. Lá teve a oportunidade de assimilar as raízes da sabedoria oriental e ocidental e desenvolver sua própria visão interior e dedicação por um mundo melhor.

Uma intensa prática de meditação, redação de obras literárias e a participação nos desportos – com especial destaque aos 100 metros rasos e ao decatlo – faziam parte do seu dia-a-dia.

 

Sobre si mesmo

Play video

Uma curta biografia

Play video

Vinda ao ocidente – 13 de abril de 1964

Seguindo um chamado interior, no dia 13 de abril de 1964, Sri Chinmoy veio para o ocidente e se estabeleceu em Nova Iorque. Ele morou em uma casa modesta na região do Queens, recebendo um vasto número de visitantes internacionais nos períodos de 13 de abril e 27 de agosto – datas que comemoram a sua chegada ao ocidente e o seu aniversário de nascimento, respectivamente. Os encontros eram marcados com celebrações que duravam cerca de duas semanas, com uma série de meditações, concertos, peças de teatro – inclusive humorísticas – corridas e piqueniques. De acordo com um artigo no Detroit Free Press, em abril de 2006 “cerca de 2.000 pessoas de mais de 60 países estiveram em Nova Iorque para comemorar os 42 anos de serviço de Chinmoy pela harmonia mundial.” Uma nota no jornal New York Times indica que “os moradores do bairro dizem que os integrantes do grupo são bons vizinhos, tranquilos e íntegros.”

Sri Chinmoy residiu em Nova York até 11 de outubro de 2007, data de seu falecimento, também conhecido como Mahasamadhi.

Atividades de Sri Chinmoy

Aqui segue uma lista de algumas das principais atividades iniciadas por Sri Chinmoy

Para saber ainda sobre outras atividades, visite o site oficial sobre Sri Chinmoy.

Sri Chinmoy nunca cobrou pela sua orientação espiritual, nem pelos seus freqüentes concertos ou meditações públicas. Sua única taxa, como ele dizia, era a aspiração sincera do buscador.

Atividades de Sri Chinmoy

Play video

Sri Chinmoy – Aluno da Paz

Play video
sri chinmoy concerto

20 perguntas a Sri Chinmoy

do livro Paz Interior e Paz Mundial

Espero que essa breve compilação de respostas curtas elucide um pouquinho acerca da filosofia e postura de Sri Chinmoy. Essas perguntas e respostas aconteceram todas num mesmo dia.


Pergunta: O quão longe está minha aspiração constante?

Sri Chinmoy: Sua aspiração constante é a distância entre sua mente duvidante e seu coração todo-doador e todo-amoroso. Se essa distância puder ser coberta, você terá aspiração constante.

Pergunta: O que é uma violação da Lei Cósmica?

Sri Chinmoy: Tudo que é improgressivo, tudo que se coloca no caminho da harmonia e da paz é uma violação da Lei Cósmica.

Pergunta: Qual é o mais elevado oferecimento que eu posso dar a você?

Sri Chinmoy: Seu mais elevado oferecimento é a gratidão constante ao Piloto Interior.

Pergunta: Como eu posso incorporar ambos humildade verdadeira e autoconfiança divina?

Sri Chinmoy: Não há diferença entre verdadeira humildade e autoconfiança divina. O que é humildade verdadeira? A humildade verdadeira é a constante percepção do que é a parte mais elevada e qual é a parte mais baixa.

Pergunta: Embora eu seja todo luz, por que há escuridão?

Sri Chinmoy: Seu ser interior é todo luz, mas seu ser exterior é escuro – assim como uma casa pode ser bonita por dentro enquanto o lado de fora não é ao todo belo. Você tem de trazer sua luz interior para fora para iluminar sua escuridão exterior. Sua luz interior é a alma, seu verdadeiro eu.

Pergunta: O que irá me inspirar a não amar o sono?

Sri Chinmoy: Constante consciência da mais elevada divindade sempre inspirará você a não ceder ao sono desnecessário. Você gosta de dormir; mas você terá uma alegria maior na sua mais elevada consciência. Todos nós ansiamos pela felicidade. Se algo nos dá mais felicidade do que outra coisa, então naturalmente buscaremos por aquilo.

Pergunta: Como eu posso fazer o mais rápido progresso espiritual?

Sri Chinmoy: Apenas ame a sua vida espiritual mais do que você ama o seu sono interior e exterior!

Pergunta: Como posso permanecer vigilante com relação aos meus pensamentos?

Sri Chinmoy: Você pode vigiar seus pensamentos ao exercitar o seu poder-vontade, seu poder-vontade invencível e adamantino. Quando você exercita seu poder-vontade, seus pensamentos são transformados, iluminados e aperfeiçoados.

Pergunta: Por que eu nunca me senti parte da humanidade?

Sri Chinmoy: Se você não sente que é parte da humanidade, seu coração não é grande o suficiente. Cada coração deve tornar-se magnânimo. Se ele não se expandir, não se sentirá parte da humanidade.

Pergunta: Como eu posso aguardar pela hora escolhida de Deus pacientemente?

Sri Chinmoy: Para esperar pela hora escolhida de Deus, você tem de sentir que Deus está pensando em você mais do que você Nele. Mas, em vez disso, sua mente volta-se para outras coisas. Você torna-se invejoso, inseguro e assustado. Quando você tem tempo para pensar, você pensa sobre si mesmo ou pensa sobre os outros com toda a sua inveja, despeito e ódio. Nesse momento, Deus não é seu Deus, mas o de outra pessoa, e são os seus amigos ou inimigos quem detêm toda a sua atenção. É por isso que a paciência não adentra a sua vida.

Pergunta: Como eu posso invocar poder espiritual para transformar radicalmente a minha vida?

Sri Chinmoy: Você pode invocar poder espiritual ao invocar pureza no seu corpo, paz na sua mente e alegria no seu coração.

Pergunta: Como posso superar sentimentos de repressão e compreender o que é liberdade verdadeira?

Sri Chinmoy: A verdadeira liberdade não é uma coisa isolada ou independente. Verdadeira liberdade é unicidade com o Infinito. Isso não pode operar isoladamente, como uma coisa separada. Deus é ambos universal e individual, ambos unidade e multiplicidade. Apenas porque não sentimos unicidade com os outros é que não temos liberdade verdadeira.

Pergunta: Como podemos distinguir as diferentes vozes interiores?

Sri Chinmoy: Você pode distinguir as diferentes vozes interiores apenas quando tornar-se espiritualmente grandioso. Você terá de ser um expert espiritual, um Yogi da mais alta ordem.

Pergunta: A humanidade algum dia aceitará completamente a Luz do Supremo?

Sri Chinmoy: Definitivamente, a humanidade está destinada a aceitar a Luz do Supremo. Quando a humanidade estiver aspirando conscientemente, a Luz do Supremo será manifestada aqui na Terra.

Pergunta: Como eu posso me tornar mais receptivo à Luz e à Compaixão de Deus?

Sri Chinmoy: Você pode se tornar mais receptivo ao Amor e Compaixão de Deus se puder sentir seus olhos dentro do seu coração e seu coração dentro dos seus olhos. Se você olha no seu coração, o que você vê não é a humanidade, mas o Coração do Supremo. Quando você tenta alimentar a humanidade, tente alimentá-la com sua visão cósmica, seu olho tudo-percebedor. Então verá o Amor e a Compaixão de Deus.

Pergunta: Como eu posso, de uma forma repleta de alma, dar e aceitar ajuda dos outros?

Sri Chinmoy: Se você puder pensar que os outros são seu próprios braços, suas próprias pernas, parte e parcela da sua própria realidade, não terá nenhum problema. Se a mão direita oferece à mão esquerda um presente, a mão esquerda contentemente aceita o presente. Ela não sente que receber o presente está abaixo da sua dignidade, porque a mão direita e a mão esquerda têm unicidade. Quando você pode ver aos outros como parte da sua própria existência, será fácil.

Pergunta: Já que Deus ama todas as coisas, Ele ama também a ignorância?

Sri Chinmoy: Deus ama a ignorância, porque Ele ama você. Se Deus ama você, então Ele é fadado a amar a ignorância. Você deve saber que o que chamamos de ignorância não é completa escuridão ao Olho de Deus. Tal coisa irá um dia se tornar a luz tudo-iluminadora e tudo-realizadora de Deus. Para nós, ver a ignorância é como se por de pé em frente ao espelho. Quando nós olhamos no espelho, vemos apenas lado exterior das coisas. Mas Deus pode facilmente ver a existência interior também. Para Ele, a existência interior e a existência exterior vão juntas.

Pergunta: Por que Deus não revelou e manifestou a Si mesmo diante da humanidade?

Sri Chinmoy: Deus revelou e manifestou a Si mesmo através dos grandes Mestres espirituais e através de cada indivíduo, mas estamos cegos. Deus está bem na nossa frente todo o tempo, mas não estamos cientes disso.

Pergunta: Como eu posso superar o medo de outras pessoas?

Sri Chinmoy: Você pode superar o medo de outras pessoas no momento em que pensar que as outras pessoas são apenas uma extensão da sua própria existência. Na sua vida, você presta atenção não apenas aos seus olhos, mas também ao seu nariz e outras partes do seu ser. Agora, você dá importância somente à sua existência pessoal e não sente que as outras pessoas são parte e parcela da sua própria existência. No momento em que você acalenta um sentimento de separação, você sente medo.

Pergunta: Como podemos saber quando estamos aspirando sinceramente e quando estamos somente abusando da Compaixão de Deus?

Sri Chinmoy: Se você está espirando sinceramente, nunca esperará nada de Deus, nem na sua imaginação. Sua aspiração sincera dirá a você que Deus o ama infinitamente mais do que você pode entender, e que Deus, pelo seu Amor e Compaixão infinitos, já abasteceu você com tudo. Se for profundamente no seu interior, verá que Deus já fez tudo por você.

Sri Chinmoy