Poema – a minha vida interior

Nem mesmo uma vez

A minha vida interior me afastou

Do mundo exterior.

A minha vida interior é bondade encarnada.

Ela me deixou consciente das necessidades

Do mundo exterior.

A minha vida interior me ensinou

O quê amar em Deus –

Tudo.

A minha vida interior me ensinou

Quem devo servir no mundo exterior –

Todos.

                  – Sri Chinmoy, the Dance of Life

Aforismos e poemas para meditar – 49340

 

Aforismos meditativos do livro 77.000 Service-Trees, vol 50, escrito por Sri Chinmoy

 

Como meditar com os poemas: você pode ler o aforismo umas três, quatro ou seis vezes. Depois medite em silêncio por uns minutos. Depois leia mais algumas vezes, e medite mais um pouco. Tente terminar sabendo o aforismo de cor. Você pode lembrar dele durante o seu dia várias vezes, e até recitar em voz alta ou em silêncio enquanto caminha.

 

 

 

49,340.

 

É verdade, o Olho de Deus

É bondoso comigo,

Mas os Pés de Deus

São infinitamente mais bondosos comigo.

 

 

49,341.

 

Eu considero a Vontade de Deus

Como minha única

Autoridade Suprema.

 

 

49,342.

 

Eu realmente quero que Deus

Fique um pouco mais

Cada vez que Ele vier me visitar.

 

 

49,343.

 

Há muitas coisas difíceis na vida,

Mas elas não são impossíveis

         De superar.

 

 

49,344.

 

Cada um tem o direito

         De se tornar

Um filho escolhido de Deus.

 

 

49,345.

 

A vida humana é repleta de oportunidades—

Cada oportunidade pode ser manifestada

         Aqui na Terra.

 

 

49,346.

 

Cada vez que eu obedeço a Deus,

Ele fica mais e mais próximo

         De mim.

 

 

49,347.

 

Eu tenho dois amigos verdadeiros—

Meu coração-entrega

         E

Minha vida-gratidão.

 

 

49,348.

 

Devemos implorar a Deus

         Todos os dias

Para que venha e brinque

Com o nosso coração.

 

 

49,349.

 

Eu vejo claramente

Que o meu Senhor começou a curar

         Minha mente-cegueira.

Aforismos e poemas para meditar – 49330

 

Aforismos meditativos do livro 77.000 Service-Trees, vol 50, escrito por Sri Chinmoy

 

Como meditar com os poemas:
Para meditar neles, você pode ler o aforimo umas três, quatro ou seis vezes. Depois medite em silêncio por uns minutos. Depois leia mais algumas vezes, e medite mais um pouco. Tente terminar sabendo o aforismo de cor. Você pode lembrar dele durante o seu dia várias vezes, e até recitar em voz alta ou em silêncio enquanto caminha.

 

 

 

 

49,330.

 

Nosso amor por Deus

Deve ser sempre

         Puro e profundo,

Para que Deus possa vir até nós

         Muito mais rápido.

 

 

49,331.

 

A Compaixão de Deus chove

Apenas quando não buscamos

Sucesso ou progresso.

 

 

49,332.

 

Que minha vida se torne

Um violino-coração

         Deus-satisfatório.

 

 

49,333.

 

De todas as flores,

A minha entrega à Vontade de Deus

É a mais bela.

 

 

49,334.

 

Todos os dias

Eu fortaleço

Minha vida-entrega-Deus.

 

 

49,335.

 

Cada momento-entrega

É extremamente significativo.

 

 

49,336.

 

Eu não permitirei

         Que minha atenção-Deus

Seja perturbada por qualquer coisa.

 

 

49,337.

 

Nosso Piloto Interior está sempre ávido

Para nos ajudar a correr rápido, muito rápido

Em direção à nossa Meta.

 

 

49,338.

 

Apenas uma coisa me satisfaz:

         A poeira dos Pés de Deus.

 

 

 49,339.

 

Se eu posso me tornar um bom cidadão

         Do mundo,

Deus fará de mim

Um instrumento escolhido

         Da Sua Vida.

Aforismos e poemas para meditar – 49320

 

Aforismos meditativos do livro 77.000 Service-Trees, vol 50, escrito por Sri Chinmoy

 

Como meditar com os poemas:
Para meditar neles, você pode ler o aforismos umas três, quatro ou seis vezes. Depois medite em silêncio por uns minutos. Depois leia mais algumas vezes, e medite mais um pouco. Tente terminar sabendo o aforismo de cor. Você pode lembrar dele durante o seu dia várias vezes, e até recitar em voz alta ou em silêncio enquanto caminha.

 

 

 

49,320.

 

Apenas um sorriso

Torna nossa mente limpa,

Nosso coração puro

E nosso mundo novo.

 

49,321.

 

Se Deus me diz que eu sou

         O Seu favorito,

Eu devo acreditar—

Minha descrença apenas aumentaria

         A distância entre nós.

 

49,322.

 

Deus mantém

Sua Luz-Proteção

Sempre ao redor da vida do buscador.

 

 

49,323.

 

Eu subo

Com as chamas-aspiração do meu coração.

Deus baixa

Com a Lua-Compaixão do Seu Coração.

 

 

49,324.

 

Descarregamos

Os problemas da nossa mente

Com o clamor ascendente do nosso coração.

 

 

49,325.

 

Na vida-aspiração

Somos bem sucedidos

Apenas quando nos tornamos

Extremamente sinceros e ávidos.

49,326.

 

Medite, medite e medite—

Sua vida-coração está destinada

         A irradiar.

 

 

49,327.

 

Uma vida-desejo pode eclipsar

         Nossa lua-coração.

 

 

49,328.

 

As preocupações da mente

Podem ser removidas

Apenas pelo incessante correr de lágrimas

Do nosso coração.

 

 

49,329.

 

A mente não se importa

Com o progresso do coração,

Mas o coração sempre tem interesse em ver

Mesmo uma gota de progresso

         Na mente.

A meditação é para todos?

A meditação é para todos?

texto de Sri Chinmoy

A meditação é para todos, independentemente se uma pessoa está buscando Deus conscientemente?

Sri Chinmoy: Sim, a meditação é para todos, quer a pessoa esteja buscando Deus conscientemente ou não. O que se deve saber é o quão longe deseja ir. Alguém pode estudar no jardim de infância. Alguém pode ir para o ensino médio, universidade, mestrado ou doutorado. Mas esse é o conhecimento exterior. A meditação nos dá sabedoria interior.

Você pode estar satisfeito com uma gota de sabedoria interior. Mas você pode perceber que só ficará satisfeito com Paz, Luz e Deleite ilimitados. Depende de onde o buscador quer chegar. Assim como vamos para a escola para obter conhecimento exterior, devemos meditar para termos sabedoria interior. Se o buscador quer ficar satisfeito com apenas uma fração de Paz, Luz e Deleite, ele a terá. Se ele quiser ilimitadas Paz, Luz e Deleite, ele também as terá, contanto que continue a meditar regularmente, devotadamente, com alma, sem reservas e incondicionalmente.